quinta-feira, junho 29, 2006

Doces "eitís"

Ouvir uma das rádios em linha do Cotonete tem destas coisas: uma pessoa escolhe uma de êxitos dos anos 80 e pimba! Leva com uma enchorrada de momentos nostálgicos e um doce regressar a uma infância que se fez ao som de músicas como esta de 1987, Knew you were waiting da Aretha Franklin em dueto com o George Michael:





Like a warrior that fights
And wins the battle
I know the taste of victory
Though I went through some nights
Consumed by the shadows
I was crippled emotionally
Somehow I made it through the heartache
Yes I did, I escaped
I found my way out of the darkness,
Kept my faith (I know you did)
Kept my faith

When the river was deep I didn't falter
When the mountain was high I still believed
When the valley was low it didn't stop me, no no
I knew you were waiting
I knew you were waiting for me

With an endless desire I kept on searching
Sure in time our eyes would meet
Like the bridge is on fire
The hurt is over, one touch and you set me free
No, I don't regret a single moment
No I don't... looking back
When I think of all those disappointments
I just laugh (I know you do), I just laugh

When the river was deep I didn't falter
When the mountain was high I still believed
When the valley was low it didn't stop me, no no
I knew you were waiting
I knew you were waiting for me

So we were drawn together through destiny
I know this love we share was meant to be
I knew you were waiting, knew you were waiting
I knew you were waiting, knew you were waiting for me

Já nem me lembrava que ela existia... Mas é tão bom desenterrar estas coisas e recordar os dias em que eu mandava abaixo os móveis cá de casa ou passava semanas a acampar com os progetinores, que é como quem diz os meus queridos pais :p Foram verdes tempos de crença quase inocente em ideias simples e uma pitada de utopia (ainda cá anda uma ponta disso), ou não tivesse sido a década em que se cantou We are the world e se assistiu à queda do muro de Berlim. E os penteados, ai os penteados da época! Os anos 80 foram assim uma "coisa" para quem os viveu :)

1 comentário:

Joey Porto disse...

E não sentes já o cheirinho do "doces 90s", quando uma rádio qualquer recupera um tema de 1993?... Aquelas músicas que te fazem recordar o teu tempo de liceu, os amigos que vibravam histericamente com as músicas do Bryan Adams, a tua (ou de qualquer pessoa próxima de ti) fase dos Nirvana, a agitação em torno do album "Triller" do Michael Jackson?... Quando ouves umas musicas dos "80s" recordas-te da tua infância....e certamente lembrar-te-às com ternura da tua escola primária, das manhãs a ver os desenhados animados na tv, das tardes de inverno fechado nos quartos dos amigos a brincar com legos e a partir tudo com os "futebois" entre a cama e o guarda-fatos,enfim...das tuas brincadeiras... para as quais as músicas dos 80s foram banda sonora por mero acaso, porque se ouvia na rádio... porque o teu irmão mais velho ouvia, porque os teus pais ouviam... As músicas dos 90s talvez recordes com algo mais do que ternura... também com nostalgia. Porque a nostalgia surge apenas quando há um processo de consciencialização dos momentos para quais nós somos reportados. A nostalgia surge de um sentimento de vasculhamento de algo que sabemos onde está arrumado e como está arrumado. Tal arrumação fazes na tua adolescência...altura em que já tens aquela maturidade e aquela memória para fixar e beber com calma cada momento...e dar-lhe valor e "nota 20" ou "nota 0" logo a seguir, com uma banda sonora escolhida por ti (de acordo com as tuas preferências musicais que começam a impôr-se quando ligas um rádio...)... Não concordas?
Tendo eu consciência que puderei ter sido confuso até aqui ... (hmmm.... ?!), basicamente o que eu quero dizer é que, claro, as músicas dos 80s reportam-nos para um "alice no país da maravilhas" muito vago e, claro, em geral macio e sedoso. Mas as músicas dos 90s fazem-nos reviver com relativo detalhe aquilo que já vivemos...e notar que realmente já passámos um bom bocado de vida. Por isso, ouvir músicas dos anos 90 deixa-me sempre muito mais a flutuar naquilo que sou como humano... esse flutuar que é doce e "easy like a sunday morning..." e por isso, posso mesmo chamar-lhes "sweet 90s"...